CULTURA E VARIEDADES DESTAQUE

Uma semana em alto mar

Navio-001

Quando penso em cruzeiro, lembro da frase “eu sou o rei do mundo”, popularizada pelo ator Leonardo DiCaprio, em Titanic. Ou no outro extremo, lembro de O Cruzeiro das Loucas, mas a realidade é que, não é nem uma coisa, nem outra. Para mim, a viagem começou aqui em Chapecó. Não, não estou louca, não peguei o cruzeiro no Goio-Ên, mas um ônibus que levou a mim, meu pai, Chico, e a esposa dele, Tai, ao Porto de Santos, onde esperamos por horas, para finalmente realizar o embarque no navio. Bom, até aí, nada de novo no reino dos brasileiros (filas). Depois disso, só curtir o cruzeiro e seu roteiro.

Mar-001

 

CRUZEIRO Meu pai já fez vários passeios de cruzeiro e foi através dele e da Tai que cogitei a possibilidade de também fazer parte dessa viagem. Então, no dia 14 de janeiro embarcamos no navio – que parece um mix de shopping, resort e cassino – onde ficamos até dia 20 do mesmo mês. O melhor do cruzeiro, certamente, foram as pessoas legais que conheci durante a viagem, que passei noites em claro, para ver o nascer do sol no oceano, da jacuzzi, tomando espumante (essa parte acho riqueza, luxo e ostentação). O atendimento da tripulação, majoritariamente filipina e indiana, era muito bom, já até sinto saudades do Nixon, o camareiro, do Alan, garçom da nossa mesa no restaurante principal, e do Yoshoua, o barman.

Pai e Tai-001

 

ILHABELA Os principais pontos de turismo, são atividades relacionadas à natureza, visita às praias e trilhas. Como sou bicho da cidade, aproveitei para fazer um passeio pela Vila, assim chamado o centro histórico. Definitivamente, é um lugar com vários lugares aconchegantes, com destaque à arquitetura das casas, pousadas, restaurantes e cafés.

Ilheus-001

 

ILHÉUS Na histórica Cidade do Cacau e de Gabriela, Cravo e Canela, a parada principal foi na Praça Dom Eduardo, onde fica o famoso Bar Vesúvio, a Catedral de São Sebastião e próxima à Casa de Cultura Jorge Amado. Além da história e dos pontos turísticos, Ilhéus me trouxe uma grata surpresa, daquelas que faz a gente ficar maravilhada com as pequenas coincidências da vida, que foi o prazer de conhecer pessoalmente minha colega de SP, da pós EAD, Fernanda, que estava na cidade visitando familiares e curtindo as férias.

Salvador-004b (1)

 

SALVADOR Tudo que consigo pensar é em Caetano Veloso dizendo “a Bahia é linda” pelo simples fato de: ela é! Salvador tem muita magia e história, para todo lugar que a gente olha e, estando lá, eu pude sentir essa energia. O Pelourinho fica na Cidade Alta, famoso pelas suas ruas de pedras e arquitetura de origem barroca, estilo colonial e sobrados pintados em cores vibrantes, uma história preservada e que nos transmite a verdadeira veia cultural e artística da região.

Salvador-001

 

Fomos bem turistinhas até a Igreja do Senhor do Bonfim, enquanto nossa guia nos contava mais sobre a história da capital baiana, especialmente a parte religiosa. A igreja é famosa pela sua grade, toda enfeitada com as fitas do Bonfim.

Salvador-004

Pegamos o Elevador Lacerda, na Cidade Baixa e subimos 63m até a Cidade Alta, para que eu pudesse, finalmente, conhecer a Igreja e Convento de São Francisco, famosa pela sua riqueza de detalhes em ouro e madeira entalhada. Sua beleza é indescritível, tanto que, nem fiz fotos dentro da igreja, fiquei apenas admirando. Já no convento, seus ricos painéis de azulejo português, encantam com as cenas e inscrições, retiradas do livro Teatro Moral da Vida Humana e de toda a Filosofia dos Antigos e Modernos.

Texto e fotos: Duana Scussiato

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box