SAÚDE E BEM-ESTAR

Radiofrequência no tratamento de varizes

clem-onojeghuo-120372-unsplash

Promover a qualidade de vida do paciente é a principal característica do procedimento.

Além de ser um método menos doloroso, com a radiofrequência o paciente recebe alta no mesmo dia e, por consequência, tem um pós-operatório mais confortável. A rotina diária volta ao normal em pouco tempo, sendo necessário utilizar meias elásticas para auxiliar no tratamento da veia. Através de uma punção na pele, sem utilização de cortes e pontos, o procedimento consiste na introdução de uma fibra óptica ou o cateter de radiofrequência diretamente na veia, guiada pelo ultrassom vascular. É então liberada energia no interior desta veia para excluí-la. Este é um método moderno e seguro, realizado no mundo todo e apresenta baixos índices de complicações.

O pós-operatório da cirurgia exige, em média, repouso de apenas dois dias, permitindo que o paciente retome suas atividades normais após avaliação médica, enquanto a cirurgia convencional pode chegar a 15 dias de repouso. A rotina diária exige apenas alguns cuidados, como o uso de meias elásticas, para auxiliar na tratamento da veia tratada. O laser e a radiofrequência são métodos eficazes de tratamento, desde que sejam bem indicados e bem executados por profissionais capacitados. Porém, não substituem todas as outras modalidades de tratamento existentes e, muitas vezes, devem ser usadas vários tipos de tratamentos conjuntamente para que sejam obtidos os melhores resultados. Promover a qualidade de vida do paciente é a principal característica do procedimento.

 

Fernando Bonetto Schinko Integrante da Sociedade Brasileira de Cirurgia Vascular (SBACV) e professor na Unochapecó / CRM/SC 11403 RQE 10908 Cirurgião vascular

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box