DESTAQUE SAÚDE E BEM-ESTAR

Nos braços de Morfeu

ahazo_08042015_0108

A Expressão que remete ao Deus Grego dos sonhos já valorizava o poder de uma noite bem dormida. A FV conversou com o médico Rodrigo Kohler – Otorrinolaringologista, especialista em Medicina do Sono e Mestre em Ciências da Saúde – sobre a importância em atentar para os sinais que seu corpo dá quando deveria estar descansando.

Flash Vip: Temos o senso comum que dormir é importante para o corpo relaxar e descansar, mas a função do sono vai muito além disso, não?

Rodrigo Kohler: O pensamento mais recorrente sobre o sono implica em um tempo no qual a mente e o corpo se desligam. Mas na prática, não é isso o que ocorre. O sono é um período ativo onde nosso corpo combina grande processamento de informações com restauração e fortalecimento importantes. Todas as funções do sono e a forma como ocorrem são ainda objetos de diversos estudos e, com o passar do tempo, mais se sabe de sua importância. De forma resumida, nossos corpos exigem longos períodos de sono para restaurar e rejuvenescer, para desenvolver músculos, reparar tecidos e sintetizar hormônios. Um dos papéis mais destacados do sono é nos ajudar a solidificar e consolidar memórias. Enquanto seguimos o nosso dia, nossos cérebros absorvem uma incrível quantidade de informação. Em vez de serem registrados diretamente, esses fatos e experiências precisam ser processados e armazenados primeiro; e muitas dessas etapas acontecem enquanto dormimos. Durante a noite, pedaços de informação são transferidos de uma memória de curto prazo mais experimental para uma memória de longo prazo mais forte — um processo denominado “consolidação”. E estudos mostram que depois que as pessoas dormem, elas tendem a reter informações e a desempenhar melhor as tarefas de memória.

FV: Qual a quantidade mínima de horas para um bom descanso?

RK: O sono saudável é fundamental em vários aspectos, já que todos nós precisamos produzir certas substâncias, reter informações e aprender habilidades para prosperar na vida. E essa é provavelmente parte da razão pela qual as crianças — que adquirem habilidades linguísticas, sociais e motoras muito intensamente ao longo de seu desenvolvimento — precisam de mais sono que os adultos. Enquanto adultos precisam de sete a nove horas de sono por noite, crianças de um ano precisam de 11 a 14 horas, crianças em idade escolar entre nove e 11 horas, e adolescentes entre oito e 10. Como são muitas as “tarefas” que ocorrem durante o sono, infelizmente, uma pessoa não pode simplesmente dormir muito pouco e, em seguida, dormir muitas horas de sono para compensar. A sensação de cansaço pode aliviar, mas nem tudo vai ser regularizado. Por isso, cuidados com o sono devem ser um hábito.

FV: De que maneira podemos garantir ou pelo menos melhorar a qualidade do nosso sono?

RK: Para um bom sono deve levar em conta três aspectos: quantidade (dormir uma quantidade de horas aceitável), qualidade (dormir sem apresentar algo atrapalhando, que pode ser algum distúrbio do sono) e ritmo (manter uma certa rotina). Procure manter um horário para dormir e acordar, mesmo nos finais de semana. Isso auxilia a regular o relógio do seu corpo e pode ajudá-lo a adormecer e permanecer dormindo durante a noite. Uma atividade relaxante e rotineira antes de dormir (sem muita luz) ajuda a separar o seu tempo de sono de atividades que causam excitação, estresse ou ansiedade. Exercício auxilia a promover um sono de qualidade. Exercite-se a qualquer hora do dia. Avalie seu ambiente de sono para estabelecer as condições necessárias para o sono. Use a luz para ajudar a gerenciar o ritmo do seu corpo. Por exemplo, evite a luz brilhante à noite e exponha- -se à luz do sol pela manhã. Evite álcool, cigarros e refeições pesadas à noite. Passe a última hora antes de dormir fazendo uma atividade calmante, como a leitura. Usar um dispositivo eletrônico como um laptop pode dificultar o ato de adormecer, porque o tipo específico de luz que emana das telas desses dispositivos não ajuda o relaxamento. Se você ainda estiver com problemas para dormir, não hesite em falar com seu médico ou encontrar um profissional do sono.

FV: Depois de todas essas dicas para dormir bem, qual seria a relação entre essa qualidade do sono e um corpo saudável?

RK: A relação entre um sono de qualidade e um corpo saudável é tão íntima que fica impossível separar um do outro. Da mesma forma que a alimentação, o sono impacta em diversos aspectos da saúde, e cada vez mais se descobrem benefícios. O sono é uma peça-chave para saúde e prevenção de doenças, por seus efeitos na parte metabólica, imunológica, emocional, cardiovascular, entre outros. Sabe-se que ao afetar sua qualidade o ser humano morre mais cedo, torna-se mais vulnerável às mais diversas doenças e alteração, produção e eliminação de diversas substâncias do nosso corpo. Assim, sempre que sentir-se insatisfeito com seu sono, ou alguém próximo relatar algo que o incomode (como roncar, parar de respirar ou alguma agitação enquanto dorme), deve-se procurar um médico especialista

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box