CULTURA E VARIEDADES

Meia Entrada: O Poder Corrompe…

house of cards

…E o poder absoluto corrompe absolutamente. A famosa frase do historiador italiano Lord Acton (1834-1902) é utilizada para descrever as diversas formas de poder e como estar em uma posição privilegiada pode levar a agir em benefício próprio. Hollywood tem na política um prato cheio na hora de contar essas histórias.

 

o-que-e-isso-companheiro-originalO brasileiro O que é isso companheiro? (1997), dirigido por Bruno Barreto, se baseia no livro de Fernando Gabeira. Conta a história verídica do sequestro do embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Charles Burke Elbrick, em setembro de 1969, por integrantes de um grupo guerrilheiro para negociar a liberdade de companheiros presos pela ditadura. Não importa quantos filmes a gente assista sobre esse período na história brasileira, acredito que jamais tenhamos noção de tudo o que algumas pessoas passaram naquela época. Atuações impecáveis de Fernanda Torres, Pedro Cardoso e Luiz Fernando Guimarães. Vale lembrar que Alan Arkin faz o embaixador Elbrick.

Todos os homens do Presidente (1976), do norte-americano Alan Jay Pakula, também romanceia o caso real de dois repórteres do Washington Post que, ao iniciarem uma investigação sobre a invasão de cinco homens na sede do Partido Democrata, deram origem ao escândalo Watergate, que teve como consequência a queda do presidente Richard Nixon. Aliás, foi apenas em 2005 que W. Mark Fel revelou ser o Garganta Profunda, informante principal do caso Watergate.

Todos os homens do presidente, além da aula de história é um ótimo filme sobre jornalismo investigativo, com os então jovens Robert Redford(E) e Dustin Hoffman(D).

Todos os homens do presidente, além da aula de história é um ótimo filme sobre jornalismo investigativo, com os então jovens Robert Redford(E) e Dustin Hoffman(D).

Falando em jornalismo, Intrigas de Estado (2009) – adaptação de uma série da BBC – mostra a investigação sobre a morte de uma jovem que culmina em uma conspiração política. Russel Crowe, Ben Affleck e Rachel McAdams estrelam o longa.

O alemão A vida dos outros (2006) tem como trama principal as consequências da cobiça e desconfiança, que levam o serviço secreto a plantar escutas na casa de um dramaturgo e acompanhar a intimidade de seu relacionamento com uma atriz. Intrigante.

 

Na TV

Beau Willimon, produtor de House of Cards, já trabalhou no meio político com personalidades como Hillary Clinton e Charles Schumer. Esse é considerado um dos motivos para que os bastidores da Casa Branca sejam mostrados com tantos detalhes sórdidos.

Beau Willimon, produtor de House of Cards, já trabalhou no meio político com personalidades como Hillary Clinton e Charles Schumer. Esse é considerado um dos motivos para que os bastidores da Casa Branca sejam mostrados com tantos detalhes sórdidos.

Os bastidores do poder não ficam de fora das produções televisivas, sejam na premiada comédia Veep, da HBO, ou no drama Scandal, da ABC. Mas foi House of Cards que me conquistou de vez. A série original da Netflix foi renovada para sua quarta temporada e traz Kevin Spacey como o protagonista Frank Underwood, um deputado manipulador que não mede esforços para conseguir o que quer. Texto rápido, ácido e atuações primorosas.

Sobre o autor

Carol Bonamigo

Carol Bonamigo

Jornalista, pós-graduada em Cinema, viciada em cultura pop e dependente de um app pra organizar todas as séries que assiste.

Deixe seu comentário

Gestor Box