CULTURA E VARIEDADES

Meia Entrada: As mulheres de Shonda Rhimes

shondaland

Unanimidade entre as espectadoras femininas, Shonda Rhimes conseguiu criar três séries que realmente conversam com as mulheres. Isso porque suas personagens são fortes, independentes e muito bem sucedidas em suas carreiras.

How to get away with murder

E se estamos falando de mulheres fortes, nada melhor que exemplificar com Annalise Keating. A personagem principal de How to get away with murder é uma dos mais interessantes da televisão atual. Magistralmente interpretada por Viola Davis, ela é a personificação da expressão “advogado do diabo”.

Professora de Direito Criminal, chama as suas aulas de “como se livrar de um assassinato” (daí o nome nada sutil da série), onde ela ensina, passo a passo, como manipular as leis e os clientes para conseguir ganhar uma causa no tribunal.

redimensionada

Annalise escolhe cinco alunos para estagiarem com ela e acompanhar de perto suas manobras. Além de um caso novo toda semana, somos apresentados, já no primeiro episódio, a uma trama de assassinato, envolvendo os nada inocentes estudantes. Através de flashforwards temos pistas do que aconteceu, até que o tempo atual alcance este futuro estranho e nos revele quem cometeu o crime e por quê.

É de prender na cadeira e tirar o fôlego!

Aqui não é apenas a protagonista que segura o enredo. Todo o elenco de apoio é muito bem escolhido e ganha seus espaços para desenvolvimento. Destaque para os cinco alunos de Annalise, que embora julguem as atitudes da advogada, conseguem ser tão manipuladores quanto ela.

Vale mencionar que o papel rendeu a Viola vários merecidos prêmios, incluindo o Globo de Ouro de Melhor Atriz em Série Dramática em 2014, o Emmy na mesma categoria em 2015 e o SAG Awards em 2016. How to get away with murder terminou recentemente sua terceira temporada e já está renovada para a quarta (amém Senhor!).

Scandal

O outro filho de Shonda é Scandal, que como o próprio nome diz, trata de escândalos, mas na Casa Branca. Olivia Pope (Kerry Washington) tem uma empresa de gestão de crises. Ela e sua equipe são chamados para resolver situações embaraçosas antes que elas cheguem ao público. E claro, como Shonda adora um bom romance embaraçado, Olivia tem um relacionamento ambíguo com ninguém menos que o presidente dos EUA.

9673

Até mesmo a ex-primeira dama norte-americana, Michelle Obama, já disse em uma entrevista que adora a série.

Novamente temos uma protagonista forte, demarcando seu território em um ambiente predominantemente masculino. Kerry já foi indicada ao Emmy de Melhor Atriz em Série Dramática pela sua performance em Scandal, que está em sua sexta temporada, já renovada para a sétima.

Grey’s Anatomy

Por fim, mas não menos importante, Grey’s Anatomy. Com tantos dramas médicos na televisão há tanto tempo, este difere por trazer mais que o jargão da profissão. A trama central envolve Meredith Grey (Ellen Pompeo), uma residente do hospital de Seattle, e seus colegas. Vidas amorosas se entrelaçam com as dificuldades de um trabalho esgotante.

2252

Tudo que Meredith quer é sair da sombra da mãe – renomada cirurgiã – e provar o seu valor. E também manter em segredo o romance com um dos cirurgiões do hospital, Derek (Patrick Dempsey). Temos aqui uma protagonista que inicia sua jornada insegura e se transforma em uma profissional competente e respeitada. E isso é apenas a primeira temporada.

Os episódios são recheados de histórias envolventes, tanto dos médicos quanto dos pacientes. Para quem curte medicina e um bom drama, vale a pena. A série iniciou em 2005 e segue até hoje, firme e forte, em sua 13ª temporada e renovada para a 14 ª. Teve também um spin off chamado Private Practice que durou quatro temporadas.

Todas as séries muito bem sucedidas são do canal norte-americano ABC (tanto que a emissora criou uma chamada comercial com o termo TGIT – thank God it’s Thursday – como referência ao dia em que elas são exibidas). No Brasil são transmitidas pela Sony.

Sobre o autor

Carol Bonamigo

Carol Bonamigo

Jornalista, pós-graduada em Cinema, viciada em cultura pop e dependente de um app pra organizar todas as séries que assiste.

Deixe seu comentário

Gestor Box