CULTURA E VARIEDADES

Escritora chapecoense lança livro de estreia

livro

Em Coração Desordenado, Ana Oliveira reúne poesias delicadas e ao mesmo tempo intensas sobre amor.

A escritora Ana Oliveira buscou nas palavras o meio para externar sua obra e olhar a respeito do amor. Coração Desordenado é o livro debutante da acadêmica de Letras/Espanhol da Universidade Federal da Fronteira Sul e será lançado no próximo sábado (11), em Chapecó.

A escritora Ana Oliveira

A escritora Ana Oliveira

Gaúcha de Erechim (RS), Ana escreve poesias para seu blog desde 2010, onde explora os gêneros conto, ensaio e prosa poética. O primeiro livro de sua carreira como escritora é um compilado de escritos desses últimos seis anos e transita não somente no amor, mas em temas como saudade, liberdade, dor, magia e misticismo. “A obra é tão completa que, além da revolução literária que se manifesta pelo arrebatamento hispano-brasileiro, também possui os clássicos e afamados sonetos, demonstrando, definitivamente, o fascínio da autora pela escrita poética”, diz o prefácio do livro, escrito pelo poeta Guiomar Baccin.

Quando transborda

Coração Desordenado está muito ligado, também, à função de pesquisadora de Ana na área da literatura, voltada à poesia brasileira e hispânica. Ela conta que este trabalho é uma feliz consequência de vivências que já não cabiam mais do “lado de dentro”. “Falar de saudade, solidão, dor e, sobretudo, de amor. É um modo de dar voz aos sentimentos e sensações que, num frenesi desesperado, anseiam em ter vida própria, através da palavra, dos versos, da poética”, afirma a escritora, fundadora e integrante do Grupo Poético Versejar. Ana completa dizendo que o livro é o resultado da tentativa de ordenar, ainda que pouco, o coração que ama em sua plenitude.

Contemplado no Edital Municipal das Linguagens 2015, o projeto do livro recebeu recursos da Secretaria de Cultura para ser editado e agora passa a ser divulgado pela região. O evento oficial do lançamento será no próximo sábado (11), às 19h, no Café Brasiliano (no Centro Comercial de Chapecó). Além disso, haverá um pocket show com o músico Ronei Zanette, da banda Isso é Ócio, e a participação especial de Márcio Pazin, que musicou uma das poesias de Ana.

*Texto Taulan Cesco

Capa do livro de estreia da escritora gaúcha Ana Oliveira, ilustrada por Fabiano Fischer.

Leia abaixo uma das poesias da obra.

Qualquer pedaço de saudade

Depois de tanto

Te devolvo ao vento

Como se folha,

Pena ou asa

Como se de toda sede

Sem que vivesse ou matasse

Confusa comesse o tempo

*

De tão perto

Te vejo imóvel

Submerso num mar letárgico

Repartido dado inefável

Como se com pedra,

Gelo ou vidro

Golpeasse a frágil ternura

*

Longe de ti

É também de mim

Como se perdido da coragem,

Inconsciência ou urgência

Subvertido e livre do impasse

Negasse a toda vontade

Qualquer pedaço de saudade

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box