GERAL

Declare Certo

2b00fe42f653177361577a9bb62f4a47

Entidades tiram dúvidas sobre o Imposto de Renda 2016.

Entender quais rendimentos e o que pode e não pode constar na declaração de Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) é uma dúvida recorrente dos contribuintes todos os anos. Para esclarecer dúvidas e informar sobre as mudanças na legislação, será promovida neste sábado (25), das 9h às 17h, na avenida Getúlio Vargas, em Chapecó (em frente a Havan), a campanha “Declare Certo”.

A iniciativa é do Sindicato dos Contabilistas de Chapecó (Sindicont), Sindicato das Empresas de Serviços Contáveis, Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas no Estado de Santa Catarina (Sescon/SC), Unochapecó e Conselho Regional de Contabilidade de Santa Catarina (CRC/SC). Além das orientações, será feita panfletagem com material informativo.

164520

Neste ano, os contribuintes devem apresentar a declaração do IRPF até o dia 28 de abril. Segundo a presidente do Sindicont, Sonia Disner, pela complexidade de algumas declarações, a sugestão é que o contribuinte busque auxílio de um profissional da contabilidade. Caso isso não seja possível, é de fundamental importância que todas as informações prestadas estejam de acordo com o previsto na legislação e condizente com a realidade. “A orientação profissional é essencial para que tudo seja feito conforme a lei exige”, alerta.

contadorA maior dificuldade dos contribuintes está em entender quais rendimentos devem declarar. “Deve-se estar com toda documentação em ordem das operações realizadas durante o ano, como compra e venda de bens, comprovantes de rendimentos das fontes pagadoras e documentos de pagamentos realizados com o CPF/CNPJ, em especial aqueles emitidos pelos profissionais liberais”, indica Sonia.

A declaração do IR envolve uma série de particularidades em cada caso, tornando-se complexo para quem não acompanha constantemente a legislação e as alterações. “A contratação de um profissional é uma medida preventiva já que o não cumprimento das obrigações tributárias implica em sanções legais. O contador conhece os procedimentos legais necessários para o correto preenchimento da declaração e o Declare Certo tem se consolidado como uma forma de compartilhar esse conhecimento e demonstrar responsabilidade e compromisso social da classe contábil”, finaliza Sonia.

 

*Texto MB Comunicação

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box