NEGÓCIOS E TECNOLOGIA

Crie 2016: Anime Go e Torneio Juvenil de Robótica

animego_cco_1016_2

No último sábado (22), a Unoesc Chapecó recebeu mais de 500 pessoas em dois eventos que encerraram a Conferência Regional de Inovação e Empreendedorismo (CRIE 2016), ambos ligados aos cursos de Engenharia da Computação e Sistemas de Informação. O Anime Go e a etapa regional do Torneio Juvenil de Robótica (TJR) movimentaram os amantes da cultura geek e da robótica.

robotica-02O Anime Go foi o primeiro evento da região cujo tema apresentou as culturas geek, oriental e otaku. Houve ainda competições de cosplays, animekê, batalha campal, corridas naruto, sala de exibição de animes e super-heróis, espaço jogos, palestras e curso de culinária japonesa. “O que chamou bastante atenção foram os expositores, com presença de lojas de games, quadrinhos, camisetas exclusivas, artes, intercâmbio, além de expositores de Porto Alegre e Itajaí”, disse o professor Tiago Zonta, coordenador dos cursos.

Realizou-se também a etapa regional do TJR, por meio do projeto desenvolvido nas escolas e da equipe OeSC-Spark, ambos da Unoesc. Esta foi a primeira competição da área na região, com mais de 10 robôs competindo em três disputas (cabo de guerra, sumô e objetivo inteligente). As equipes participantes eram do IFSC de Luzerna, Senai Chapecó, Colégio Bom Pastor e CAPP. Essa etapa seleciona grupos para participarem da fase nacional, que ocorrerá no Rio de Janeiro, em novembro.

robotica

Segundo a coordenação dos cursos, ambos os eventos foram trazidos à Unoesc devido à visibilidade e a abertura da instituição para eventos que possam trazer diversão, conhecimento e competição de forma saudável, reunindo famílias e pessoas de todas as idades. “O Anime Go foi idealizado por entusiastas que possuem um grupo com o mesmo nome. Já a competição de robótica aconteceu por meio da empresa Comphaus, do Rio de Janeiro, que descobriu nosso projeto nas escolas. Para nós, ambos os eventos superaram as expectativas, demonstrando que a Unoesc Chapecó possui sim públicos variados, que precisam ser acolhidos. O município está num nível que deve atender todos os gêneros, e essa foi a proposta e a responsabilidade da instituição, dentro da Feira CRIE”, falou Tiago.

 

*Texto e fotos Jessica Novello  | Unoesc Chapecó

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box