MODA E BELEZA

A moda da representatividade

Backstage Fernanda Yamamoto | Foto: Sergio Caddah - FOTOSITE
Backstage Fernanda Yamamoto | Foto: Sergio Caddah - FOTOSITE

Bruno Gerhardt é formado em Design de Moda, participou do Santa Catarina Moda e Cultura, colunista social do jornal Voz do Oeste e criador do blog Fluindo Moda | blogfluindomoda@gmail.com | @fluindomoda

Recentemente aconteceu a maior semana de moda brasileira, a São Paulo Fashion Week N42. Esta edição completou seu 42º ano, teve algumas alterações no formato e uma line up com novas marcas. O prefixo TRANS foi quem guiou os desfiles, representando os vários desafios enfrentados, não apenas a moda, mas por toda a sociedade. Transformação, transgressão e transição.

Já era sem tempo para a moda voltar a causar frisson e trazer à tona os diversos fatores enfrentados na sociedade, muitas vezes não discutidos, pelo simples fato de ainda estarmos vivendo num paralelo bastante sexista. E o mineiro Ronaldo Fraga é o estilista mais indicado a representar essa fase do SPFWtransN42. Em seu desfile realizado no Theatro São Pedro, em São Paulo, trouxe, nada menos, que um casting de 28 modelos transexuais e travestis para desfilar coleção intitulada El Dia Que Me Quieras: Uma Música, Um Vestido, Muitas Estórias. Seu principal intuito foi trazer visibilidade a essa minoria – o Brasil é o País que mais mata por intolerância. Uma minoria representativa.

Não foi apenas Ronaldo Fraga a mostrar o que é representatividade, a mais nova a integrar a line up, LAB, trouxe a passarela um casting 90% negro e com modelos de diversos corpos do PP ao G5. “I love Quebrada” foi a frase destaque usada como estampa, uma voz e um empoderamento máximo as ruas, trazendo looks com pegadas street.

Agender

Sem gênero – parece que isso está sendo levado mesmo a sério! Modelagens oversized incorporam diversas coleções, usadas por homens e mulheres. A.Brand, Ronaldo Lourenço e Experimento Nohda foram as marcas que mais utilizaram a modelagem ampla. E não poderia ficar de fora João Pimenta, sempre vanguardista, o estilista já vem representando muito bem isso. Nesse ano, sua coleção foi uma overdose de babados, listras e tons candy.

Desfile A. Brand | SPFW - N42

Desfile A. Brand | SPFW N42

Upcycling

O novo jeito de reciclar a moda e pensar no consumo. Consiste no processo de transformar resíduos ou produtos inúteis em novas peças de valor agregado. Fernanda Yamamoto é mais uma vez o destaque quando se trata em transformar lixo em luxo. A estilista desconstruiu e construiu peças com a matéria prima descartada pela indústria de camisaria, ainda utilizou bordados feitos de retalhos de couro, borracha e cristais.
A marca A La Garçonne não fica de fora desse novo jeito de pensar moda e traz em sua coleção peças vintage achadas em brechós pelo mundo, como as tão desejadas jaquetas de couro que ganham um enriquecimento de pinturas feitas à mão. Não apenas isso, mas utilizaram da aplicação de tecidos a partir de retalhos como o abrigo de neoprene com pedaços de guipure retirados de um vestido de 1800.

Desfile Fernanda Yamamoto | SPFW N42

Desfile Fernanda Yamamoto | SPFW N42

Cannabis

Sim, estou falando de maconha. Claro que essa discussão aqui no Brasil está longe de ferver, no máximo morna, diferente dos estados norte-americanos. Mesmo assim, a moda não deixou de ficar de fora e trouxe à tona essa polêmica através de símbolos e roupas. Entre as marcas que representaram essa discussão estão Osklen e Hêlo Rocha. Ambas trouxeram símbolos, como o relógio no canto direito da projeção do desfile Osklen que marcava 4:20 – conhecida como a hora para apreciar a “erva”. Hêlo Rocha foi mais ousada e trouxe a folha da planta nitidamente em um recorte de um maiô e num vestido transparente.

Desfile Osklen | SPFW - N42

Desfile Osklen | SPFW N42

Como já diria Pierre Cardin, “A moda é a transcrição da civilização”. Ela está aí não apenas para ornamentar o corpo, mas também para mostrar os fatores que uma sociedade está vivendo ou rupturas que precisam ser discutidas. Ressignificar conceitos e sugerir novos olhares é a principal trend.

Sobre o autor

Flash Vip

Flash Vip

Revista catarinense com foco em cultura, comportamento, variedades e o que mais for pautado pelo cotidiano.

Deixe seu comentário

Gestor Box